Ação, Ações, Stocks, Bovespa, Mercado Financeiro, Opções
A fase de distribuição não começa no momento em que os preços entram em declínio, mas sim um pouco antes, quando os volumes começam a cair, depois da redução do interesse dos investidores por novas compras, por terem os preços ficado caros demais. Para detectar o início desta fase acompanhe a evolução do MACD volumétrico!
  18/09/2019 - 03:25 Login: Senha: Esqueceu a senha? 
Indique este site para um amigo:
Seu e-mail:
e-mail do amigo:
Últimas Notícias
Mais notícias no Mural da Alpha
17/09/2019 - 22:39:52
Reuters: Ibovespa avança no aguardo de decisões de política monetária
A Bovespa avançou nesta terça-feira, com destaque para o setor financeiro, o que compensou a pressão das ações da Petrobras, enquanto agentes financeiros aguardam decisões de política monetária de Estados Unidos e Brasil. O Ibovespa fechou em em alta de 0,90% aos 104.616 pontos. O volume financeiro ficou em R$15,82 bilhões. Segundo matéria da Reuters, os barões do cartel informaram que pelo menos 70% da produção árabe estará restabelecida nos próximos dias.
Reuters: Wall St sobe com alívio do petróleo e expectativa de corte de juros pelo Fed
Os índices de Wall Street avançaram nesta terça-feira, com uma redução do impacto dos ataques à maior refinaria de petróleo da Arábia Saudita, ocorridos no final de semana, e conforme investidores esperam um corte de juros de no mínimo 0,25%, pelo Federal Reserve, na quarta-feira, medida amplamente aguardada. O índice Dow Jones fechou em alta de 0,12%, a 27.108,29 pontos, o S&P 500 subiu 0,25%, para 3.005,45 pontos, e o Nasdaq avançou 0,41%, a 8.186,02 pontos.
Reuters: Índices europeus têm leve queda puxados por petróleo e foco no Fed
Os índices europeus fecharam mais baixos nesta terça-feira, com as ações de energia deixando para trás grande parte dos ganhos de segunda-feira e os bancos perdendo força antes de um provável corte na taxa de juros do Fed. O índice FTSEurofirst 300 fechou estável, e o pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,05%. O setor de petróleo e gás recuou 0,8% depois que a Reuters informou que a produção da Arábia Saudita será restaurada mais rapidamente do que o esperado, dentro de duas ou três semanas, não meses, como pensado anteriormente.
Reuters: Ações na China fecham em baixa após Pequim manter taxa de empréstimo
As bolsas chinesas fecharam em baixa nesta terça-feira, depois que Pequim manteve inalterada a taxa de juros de empréstimos, mesmo com dados apontando pressão de desaceleração sobre a economia. O índice CSI300, que reúne companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 1,7%, e Xangai também caiu 1,7%. O Banco do Povo da China rolou empréstimos de um ano a instituições no país, mas manteve os juros, um sinal de que está cauteloso sobre excesso de estímulos.
Boletim do tempo na Bovespa para o curtíssimo prazo
  12/09/2019 - O MACD dos pontos do Ibovespa segue crescendo acima de sua linha de aviso, mas o índice perdeu volume e entre as ações acompanhadas não há nenhuma no suporte, pode chover nesta quinta...
  12/09/2019 - Pelo lado dos pontos o Ibovespa vai muito bem, o problema está no lado dos volumes, que continuam em queda, provavelmente enquanto aguardam uma realização de lucros para relaxar os indicadores...
  16/09/2019 - O Ibovespa fechou no vermelho na sexta-feira, mas, no curto prazo, continua mantendo o MACD positivo, embora permaneça perdendo volume. Temos portanto um indício de que a bolsa pode seguir realizando lucros no curtíssimo prazo...
  17/09/2019 - A Bovespa concluiu os exercícios com opções sobre ações, mas na quarta-feira deverá enfrentar o exercício com o índice, de qualquer forma, a bolsa ganhou volume e tirou um dia de alta, com ajuda do petróleo...
  18/09/2019 - Nesta quarta é dia de exercício do Ibovespa e também da reunião do COPOM, que definirá a nova Selic no Brasil. Nos EUA, o Fed deve definir a Prime. O mercado está com viés de alta, mas já deve ter prefixado estes fatos...

Visitas desde 06/08/1998
5320593
Copyright 2004 - Reprodução Proibida
Consulta Ação:
 
Renovação de assinatura
Acesso à Bovespa
no curto prazo Via MACD