A??o, A??es, Stocks, Bovespa, Mercado Financeiro, Op??es

Mural de noticias da Alpha Fintec

TNOnline: Bolsas da Ásia fecham em alta, com Tóquio espelhando recordes em NY
As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta terça-feira, com máxima histórica em Tóquio, à espera de comentários do presidente do Fed, Jerome Powell, ao Congresso Americano. Em Tóquio, o Nikkei subiu 1,96%. O Kospi avançou 0,34% em Seul. O Taiex registrou alta marginal de 0,09% em Taiwan. O Hang Seng ficou estável em Hong Kong. Na China o índice de Xangai teve avanço de 1,26%, e o de Shenzhen subiu 1,74%. Na Oceania, na bolsa australiana, S&P/ASX 200 avançou 0,86%, em Sydney.

As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta terça-feira, com máxima histórica em Tóquio, um dia após alguns dos principais índices acionários de Nova York avançarem a novos recordes e à espera de comentários do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Jerome Powell.

O japonês Nikkei subiu 1,96% em Tóquio, ao patamar inédito de 41.580,17 pontos, à medida que a fraqueza do iene melhorou a perspectiva de lucros, enquanto o sul-coreano Kospi avançou 0,34% em Seul, a 2.867,38 pontos, o Taiex registrou alta marginal de 0,09% em Taiwan, a 23.900,08 pontos, e o Hang Seng ficou estável em Hong Kong, em 17.523,23 pontos.

Na China continental, os mercados foram impulsionados por ações de montadoras e semicondutores. O Xangai Composto teve avanço de 1,26%, a 2.959,37 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto subiu 1,74%, a 1.588,07 pontos.

Wall Street teve desempenho misto ontem, mas tanto o índice S&P 500 quanto o Nasdaq renovaram máximas históricas, ainda que com ganhos modestos.

Nas próximas horas, investidores na Ásia e em outras partes do mundo irão acompanhar o primeiro dia de depoimento de Powell no Congresso americano, em busca de sinais da trajetória futura dos juros básicos dos EUA. Nas últimas semanas, dados americanos que mostraram desaceleração no mercado de trabalho e da inflação reforçaram expectativas de que o Fed começará a cortar juros neste semestre, possivelmente a partir de setembro.

Já no fim da noite desta terça, a China divulga seus últimos números de inflação.

Na Oceania, a bolsa australiana também ficou no azul hoje, com ganhos liderados por ações do setor financeiro. O S&P/ASX 200 avançou 0,86% em Sydney, a 7.829,70 pontos.