Ação, Ações, Stocks, Bovespa, Mercado Financeiro, Opções

Mural de noticias da Alpha Fintec

Reuters: Índices europeus fecham em alta com estímulo da China e ganhos na Alemanha
Os índices europeus fecharam em alta nesta terça-feira, com as ações alemãs acompanhando um rali global após feriado e diante de alívio nas tensões comerciais, enquanto mais estímulo do governo na China sustentou o setor de recursos básicos. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,66%, e o pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,69%, no nível mais alto desde 17 de maio. O índice alemão DAX, sensível ao comércio, subiu 0,9% ajudado pelos ganhos nas montadoras BMW, Daimler e Volkswagen.

Os índices acionários europeus fecharam em alta nesta terça-feira pelos terceiro dia, com as ações alemãs acompanhando um rali global após feriado diante de alívio nas tensões comerciais, enquanto mais estímulo do governo na China sustentou o setor de recursos básicos.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,66%, a 1.499 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,69%, a 381 pontos, no nível mais alto desde 17 de maio.

As ações de mineradoras , automobilísticas e de produtos químicos registraram os maiores ganhos após notícias de que a China está abrindo a porta para mais gastos de governos locais.

O otimismo sobre a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump na sexta-feira de adiar tarifas de importação sobre o México também melhorou o sentimento.

Operando após feriado na segunda-feira, o índice alemão DAX, sensível ao comércio, subiu 0,9% ajudado pelos ganhos nas montadoras BMW, Daimler e Volkswagen AS.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,31%, a 7.398 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,92%, a 12.155 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,48%, a 5.408 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,61%, a 20.609 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,13%, a 9.282 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,65%, a 5.207 pontos.
Artigo seguinte