Ação, Ações, Stocks, Bovespa, Mercado Financeiro, Opções

Mural de noticias da Alpha Fintec

Reuters: Bolsas europeias fecham em máximas de 8 meses com impulso de ações financeiras
Os índices acionários europeus encerraram na máxima de oito meses nesta terça-feira, impulsionados por bancos e ações financeiras, e por dados otimistas da China e melhora no sentimento econômico na Alemanha. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,31 por cento, e o pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,29 por cento. O índice de volatilidade STOXX, principal indicador da ansiedade do mercado na Europa, caiu para o nível mais baixo desde meados de janeiro de 2018, numa semana mais curta devido ao feriado de Páscoa.

Os índices acionários europeus encerraram na máxima de oito meses nesta terça-feira, impulsionados por bancos e ações financeiras, dados otimistas da China e melhora no sentimento econômico na Alemanha.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,31 por cento, a 1.529 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,29 por cento, a 389 pontos, avançando pela quinta sessão consecutiva.

O índice de volatilidade STOXX, principal indicador da ansiedade do mercado na Europa, caiu para o nível mais baixo desde meados de janeiro de 2018, numa semana mais curta de negociações devido ao feriado de Páscoa.

Os setores bancário, financeiro e de seguros proporcionaram o maior impulso, principalmente com base nos resultados dos grandes bancos de Wall Street, com JP Morgan dando início à temporada de balanço dos EUA com resultados fortes na semana passada.

O Bank of America também superou as estimativas de lucro, mas o Goldman Sachs e o Citigroup desapontaram com queda na receita, embora ambos tenham superado as estimativas de lucro trimestral.
Artigo seguinte