Ação, Ações, Stocks, Bovespa, Mercado Financeiro, Opções

Mural de noticias da Alpha Fintec

Reuters: Wall Street fecha em alta e apenas o Dow Jones recua
Os índices de peso de Wall Street fecharam com ganhos nesta segunda-feira, com os investidores cautelosos com as negociações entre os EUA e a China, além do temor do shutdown. Ao final, o S&P fechou em alta de 0,07%; o Dow Jones caiu 0,21%; e a Nasdaq subiu 0,13%. O Congresso americano precisa fechar acordo sobre a segurança na fronteira com o México até o final desta segunda-feira, pois o prazo de financiamento para o Departamento de Segurança Interna e de outros órgãos federais termina na sexta-feira (15).

Os índices de peso de Wall Street fecharam com ganhos nesta segunda-feira. Os investidores mantendo a cautela com as negociações entre os Estados Unidos e a China. Além disso, o temor de um novo shutdown também ganhou força.

Ao final, o S&P ficou em alta de 0,07% aos 2.709 pontos. O Dow Jones ficou em queda de 0,21% aos 25.053 pontos. O Nasdaq ficou em alta de 0,13% aos 7.307 pontos.

O Congresso norte-americano precisa fechar acordo sobre a segurança na fronteira com o México até o final desta segunda-feira, já que a tramitação precisa passar pelas duas Casas e seguir para a assinatura do presidente Donald Trump. O final do prazo de financiamento para o Departamento de Segurança Interna e de outros órgãos federais termina na próxima sexta-feira (15).

Ficou no radar, o reinício das negociações comerciais entre a China e os Estados Unidos. O secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, e seu representante comercial, Robert Lighthizer, representam a administração de Donald Trump, depois que o presidente deixou claro que não se encontrará com Xi Jinping, líder da China, antes do prazo final. A reunião ocorre em Pequim.

O processo complicado de saída do Reino Unido da União Europeia, com a primeira-ministra Theresa May tentando novas discussões, também ficaram nos destaques de hoje. Além do mais, os indicadores do Reino Unido apresentados hoje também despertaram ainda mais as dúvidas de até quanto será importante para o país deixar a União Europeia.