Ação, Ações, Stocks, Bovespa, Mercado Financeiro, Opções

Mural de noticias da Alpha Fintec

Reuters: Índices acionários europeus avançam impulsionados por preços de petróleo
Os mercados acionários europeus avançaram nesta terça-feira, com os preços do petróleo elevando as ações relacionadas à commodity para o nível mais alto desde setembro de 2014, compensando a queda no setor de telecomunicações. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,14 por cento, e o pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,05 por cento. As ações de grandes petrolíferas como BP, Royal Dutch Shell, Total e Eni subiram depois que os preços do petróleo atingiram máximas de vários anos. A força no setor financeiro também sustentou as ações europeias.

Os mercados acionários europeus avançaram nesta terça-feira após uma sessão agitada, com os preços do petróleo elevando as ações relacionadas à commodity para o nível mais alto desde setembro de 2014 e compensando a queda no setor de telecomunicações.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,14 por cento, a 1.541 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,05 por cento, a 392 pontos, revertendo a fraqueza vista anteriormente após dados fracos da China e da Alemanha.

As ações de grandes petrolíferas como BP, Royal Dutch Shell, Total e Eni subiram depois que os preços do petróleo atingiram máximas de vários anos diante de preocupações sobre sanções dos Estados Unidos contra o Irã, que podem restringir as exportações de petróleo de um dos maiores produtores do Oriente Médio.

O índice de petróleo e gás tem de longe o melhor desempenho setorial na Europa até o momento no ano, com alta de quase 13 por cento. No dia, o índice teve alta de 0,9 por cento.

A força no setor financeiro também sustentou as ações europeias com o Raiffeisen e Commerzbank subindo 4,6 e 3,9 por cento respectivamente, após fortes resultados.

A temporada de resultados está chegando ao fim com mais de três quartos das empresas do MSCI Europa já tendo relatado seus resultados do primeiro trimestre.

“Em geral, tem sido um pouco abaixo do esperado em números de vendas e em linha com os resultados”, disse Rory McPherson, diretor de estratégia de investimentos da Psigma Investment Management.

“Os bancos europeus tendem a ter um bom desempenho e recuperaram muito recentemente com bons ganhos”, acrescentou.

O Credit Agricole ampliou o otimismo em torno do setor. As ações do banco francês haviam caído na abertura mas se recuperaram e fecharam em alta de 1,2 por cento mesmo depois que o lucro trimestral ficou abaixo do esperado.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,16 por cento, a 7.722 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,06 por cento, a 12.970 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,23 por cento, a 5.553 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,31 por cento, a 24.297 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,49 por cento, a 10.207 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,12 por cento, a 5.699 pontos.