Ação, Ações, Stocks, Bovespa, Mercado Financeiro, Opções

Mural de noticias da Alpha Fintec

Reuters: Ações européias renovam máximas otimistas com resultados das empresas
Os mercados acionários europeus avançaram pela quarta sessão consecutiva nesta terça-feira, impulsionados pela força dos setores cíclicos e otimismo sobre crescimento do resultado das empresas. Expectativas sobre possível acordo na indústria automobilística e a fraqueza do euro também ajudaram. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,48 por cento, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,43 por cento, a 400 pontos, seu nível mais alto desde agosto de 2015 e apenas alguns pontos abaixo de seu pico histórico de 414 pontos.

Os mercados acionários europeus avançaram pela quarta sessão consecutiva nesta terça-feira, impulsionados pela força dos setores cíclicos e otimismo sobre crescimento do resultado das empresas.

Expectativas sobre possível acordo na indústria automobilística e a fraqueza do euro também ajudaram.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,48 por cento, a 1.573 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,43 por cento, a 400 pontos, seu nível mais alto desde agosto de 2015 e apenas alguns pontos abaixo de seu pico histórico de 414 pontos.

O aumento veio depois que o índice benchmark global tocou outro recorde com confiança em outra temporada forte de resultados compensando as preocupações sobre as avaliações (valuation) se tornando muito elevadas.

“Se o crescimento não desapontar e as companhias apresentarem resultados sólidos, não vejo riscos nas avaliações (valuation)”, disse a estrategista de ações na Mirabaud Asset Management Valentin Bissat.

De acordo com o Citi, as revisões globais de resultados são positivas pela décima semana consecutiva, registrando a melhor semana de elevações desde que os dados começaram a ser compilados, em 2000, liderados pelos setores cíclicos.

Embora revisões em alta sejam comuns no início ou final de ciclos econômicos ou de mercado, estrategistas do banco norte-americano disseram que é muito cedo para chamar de final de ciclo.

O grupo de telecomunicações Altice liderou os ganhos com alta de 10,5 por cento, com os investidores comemorando a decisão de dividir sua unidade norte-americana e simplificar a estrutura do grupo no processo.

Ações de montadoras cimentaram sua posição como líder setorial de ganhos até agora neste ano, subindo 1,4 por cento.

O setor financeiro deu o maior impulso ao STOXX 600 uma vez que o otimismo acerta do crescimento econômico da Europa prevalecia.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em alta de 0,48 por cento, a 1.573 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,45 por cento, a 7.731 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,13 por cento, a 13.385 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,67 por cento, a 5.523 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,70 por cento, a 23.004 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,27 por cento, a 10.426 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,15 por cento, a 5.654 pontos.