Ação, Ações, Stocks, Bovespa, Mercado Financeiro, Opções

Mural de noticias da Alpha Fintec

Reuters: Bolsas da China sobem impulsionadas por bancos com desregulação financeira
As bolsas chinesas fecharam em alta nesta segunda feira, impulsionados por ações de bancos e pela desregulamentação do setor financeiro atenuando as preocupações sobre os maiores custos dos empréstimos empresariais. O índice CSI300, que reúne companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,42%, e o índice de Xangai teve alta de 0,47%. O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia e Pacífico, exceto o Japão, caía 0,25% nesta manhã. Em Tóquio, o Nikkei recuou 1,32%.

Os principais índices da China fecharam em alta nesta segunda-feira, impulsionados por ações de bancos, na medida em que os investidores celebram a desregulamentação de Pequim no setor financeiro, atenuando as preocupações sobre os maiores custos dos empréstimos empresariais em meio a alta nos rendimentos dos títulos do governo.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,42 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,47 por cento.

Os investidores buscaram ações do setor financeiro, apostando que a medida de Pequim para ampliar o acesso estrangeiro ao seu gigante setor financeiro vai atrair novos fluxos de capital do exterior e impulsionar as avaliações dos bancos, das seguradoras e das corretoras do país.

“O relaxamento das medidas existentes vai aliviar as restrições dos fluxos de investimento para a China”, escreveu o economista-chefe da ANZ na China, Raymond Yeung.

“Dada a rápida expansão dos ativos financeiros ao longo dos últimos anos, acreditamos que haverá uma série de notícias otimistas dando ênfase positiva em seu valor.”

As ações dos bancos lideraram a alta, com o índice do setor avançando 1,44 por cento.

O restante dos mercados na Ásia recuaram com cautela nesta sessão, enquanto os investidores aguardavam para saber se os republicanos dos Estados Unidos podem negociar rapidamente um acordo de reforma tributária.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 0,25 por cento às 7:30 (horário de Brasília).

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 1,32 por cento, a 22.380 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,21 por cento, a 29.182 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,47 por cento, a 3.448 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,42 por cento, a 4.128 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,50 por cento, a 2.530 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,45 por cento, a 10.683 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,03 por cento, a 3.419 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,13 por cento, a 6.021 pontos.