Ação, Ações, Stocks, Bovespa, Mercado Financeiro, Opções

Mural de noticias da Alpha Fintec

Reuters: Resultados fracos mantêm bolsas europeias nas mínimas de 7 semanas
Fortes perdas da empresa de serviços públicos EDF depois que alerta desapontador sobre lucro pesou sobre as ações europeias nesta segunda-feira, levando o índice pan-europeu para a mínima desde o final de setembro. O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,53 por cento, a 1.521 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,66 por cento, a 386 pontos, com praticamente todos os setores em terreno negativo. Foi a quinta sessão seguida de queda do STOXX 600, seu período mais longo de baixa desde o final de maio.

Fortes perdas da empresa de serviços públicos EDF depois que alerta desapontador sobre lucro pesou sobre as ações europeias nesta segunda-feira, levando o índice pan-europeu para a mínima desde o final de setembro.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,53 por cento, a 1.521 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,66 por cento, a 386 pontos, com praticamente todos os setores em terreno negativo.

Foi a quinta sessão seguida de queda do STOXX 600, seu período mais longo de baixa desde o final de maio.

O STOXX foi pressionado pelas ações da empresa de serviços públicos EDF, que caíram mais de 10 por cento, após resultados decepcionantes. A empresa francesa reduziu sua previsão de lucro para 2018 devido ao consumo de energia mais baixo do que o esperado e pela queda na compensação de capacidade no Reino Unido.

Sonova foi outro papel que caiu, 2,4 por cento. O fabricante de aparelhos auditivos suíços informou resultados do primeiro semestre aquém das expectativas dos analistas, com as vendas nos EUA afetadas por uma revisão da rede varejista da empresa.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em queda de 0,53 por cento, a 1.520 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,24 por cento, a 7.415 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,40 por cento, a 13.074 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,73 por cento, a 5.341 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,55 por cento, a 22.437 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,42 por cento, a 10.049 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,82 por cento, a 5.258 pontos.